CHAMA O ANTÓNIO… O ANÍBAL ANTÓNIO!

Este nome tem muito que se lhe diga e comporta em si toda uma História, que vem da Antiguidade, de Roma e Cartago, de múltiplas batalhas, de soberbas estratégias, de tácticas insondáveis, de modernismos e inovações sem paralelo e de campanhas dignas de um Homero! Este nome resume em si todo um passado heróico e irrepetível! De ANÍBAL (e) ANTÓNIO.

ANÍBAL, …filho de Amílcar Barca ( estão a ver a origem: Barca, barcos, naus, caravelas, traineiras, navios, Mar….ESTALEIROS!), Cartaginês, considerado o pai da estratégia, vencedor da guerras Púnicas contra Roma, primeiro utilizador dos elefantes nas guerras… é todo um nome! Tinha, no entanto, um senão : chamava-se Aníbal, em Púnico “ HANNIBA’AL”, e isto não soa muito bem… Depois, enfim depois, não conquistou Roma…

ANTÓNIO ( Marco António, não este mas o outro), foi um dos maiores tácticos da História e tinha origem “Patrícia” ( tal como o cujo). Comandou as campanhas da Egeia e do Egipto, entre outras, em nome do Império Romano. Teve, também, muitos amores e muitos casamentos. Vejam só: casou com CÍTARA, com FÙLVIA e com CLEÓPATRA e notem a carga de erotismo que estes nomes comportam, e passou por vários Triunviratos. Também tinha um senão: acabou derrotado e tinha o sobrenome “CRETICUS” ( em Português será “cretino”?).

ANÍBAL ANTÓNIO, portanto. Os seus pais sabiam de História com certeza! Este nome não foi impunemente dado. Eles, relembrando a História, também sabiam que ele iria ser um enorme estratega, um reformador, um táctico, um inovador… vejam a sua a utilização, como ninguém, das novas tecnologias : ele é o EMAIL, ele é o FACEBOOK… As ESCUTAS! É ele quem nos faz relembrar o nosso passado Quinhentista e apelar ao Mar, ao redescobrimento do Mar! O MAR, esse grande desígnio do visionário Aníbal António, ele que, como ninguém, sabia prever o futuro, mandou abater as pequenas embarcações de pesca, da pesca de proximidade para, em nome de um futuro eficiente e rentável, enveredarmos pela pesca do Alto. E afirmou: o nosso futuro, a nossa salvação é o MAR!

Não há navios, dizem os conselheiros. Temos Estaleiros prontos a fabricar, diz ele. Temos a Lisnave, a Murgueira, São Jacinto, Vila do Conde e, acima de rudo, VIANA DO CASTELO… não servem? Diz ele encolerizado! E temos a MARIA, nome para muitos navios… e começando por Maria muitos navios se poderão fazer, remata! Mas ninguém o ouviu…

Mas estão todos desmantelados… resta Vila do Conde, que vai fazendo umas Traineiras e…VIANA DO CASTELO. Com o que se vê, replicam.

E ninguém consulta o Aníbal, o Aníbal António? Ninguém chama o Aníbal e o António, os dois num só pais de toda a grande estratégia, do saber e das soluções? Ninguém?

Não merecem o Presidente que têm…….

Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s