AO MEU CARO JOSÉ SÓCRATES, o meu contributo para um “ HABEAS CORPUS” à séria!

Tomo a liberdade de te mandar esta carta e nela, à semelhança do que já fiz com outros, nomeadamente com António José Seguro e Pedro Passos Coelho, incluir alguns conselhos, conselhos que, ao contrário dos ditos, espero que aceites pois eles não ligaram nenhuma e foi o que foi e é o que é, e aviso-te de que serão importantíssimos para ti e para mais na situação em que estás. Não sejas, portanto, soberbo como os outros e aceita. É de boa vontade e é de graça.

E vem de gente que te quer bem. E repara só : eu nunca votei em ti e sou por todos acusado de ser o maior Sócratista de sempre pois sempre te defendi. Quando na mesa do café ouvia alguém dizer mal de ti e que tu eras este e aquele, eu erguia a minha voz e tudo calava! E além do mais sempre foste muito querido na minha Família. E tu sempre retribuíste todo esse carinho a ponto de certa vez, em plena cidade de Paris, em passando pela rua, ao ouvires o nome VASSALO ABREU, até mudaste de passeio e viste amigamente ao encontro desse nome!

Venho por bem, portanto. E venho incomodar-te porque, na sequência do que ontem escrevi acerca do “ Parecer dos 14 Milhões”, que não deves ter lido pois o acesso à NET aí é restrito, e da carta que hoje mandaste para o DN em que criticas violentamente a “ Cobardia dos Políticos” e, entre outras coisas mais, o “Cinismo dos Professores de Direito”, venho, muito respeitosamente, apelar à tua calma. Para que tenhas calma e não sejas imprudente.

Eu até aceito que critiques os Juízes mas, como os tipos são bestialmente vingativos, acho melhor que tenhas calma. Agora os Professores de Direito? Aí não! Aí calma redobrada. Porquê, dirás tu? Calma, eu já te explico.

Sócrates amigo, tu não leste, como eu e todos nós lemos, a brilhante fundamentação daquele Parecer dado pelo SR. PROF. DR. JOÃO CALVÃO DA SILVA ( nós sabemos que ele é do PSD e até preside ao seu Conselho Jurisdicional) ao Dr. Ricardo Salgado, com vista à manutenção da sua “ Idoneidade”? Viste? Leste? E então? O seu sucesso não te diz nada? Não te surge nada?

Eu sei que estás em baixo, que a tua moral está nos mínimos, que estás revoltado, virado para outras coisas, sozinho contra o mundo, preso por “ indícios”, por “ suspeitas” e por “ raivice” de indivíduos para quem o mundo é um lugar muito pequeno, que até podem ter ido a Paris mas só foram ver o Arco do Triunfo, o Louvre e a Notre Dame, atidos a coisas comezinhas e vendo crime em tudo o que possa mexer, formados em literatura de bolso, em livros de espionagem e em literatura policial, como a do Francisco José Viegas…eu sei, ainda se fosse nos de Dinis Machado que ao menos escreveu aquela obra prima “ O Que Diz MOLERO?”, ainda vá que não vá, e para quem na vida são tudo suspeições e todos suspeitos até que alguém mais acima lhes diga “ alto e pára o Baile, já chega!”…mas aí já não é nada com eles…eu sei que é difícil, mas mesmo difícil engolir estes sapos todos, mas não deves nem podes perder a clarividência e muito menos a noção daquilo que é mais importante: a tua liberdade e a tua defesa!

E o importante agora, de imediato, é o “ HABEAS CORPUS”, que é como quem diz : O corpo fora da cadeia! Mas não pode ser um” Habeas Corpus” a brincar como esse dois irresponsáveis fizeram. Cá para mim foi só para te prejudicar e para dar a oportunidade ao “ gozo” daqueles do Supremo, que aproveitaram a deixa e lá vieram, com virulência despropositada, carregar em cima de ti. Não, tem que ser uma coisa à séria : um pedido de” Habeas Corpus” nunca visto. Para fazer doutrina mesmo!

E aqui chegados, depois deste longuíssimo enquadramento e não propriamente um preâmbulo, venho informar-te que tive uma ideia! Uma ideia revolucionária que gostaria que partilhasses também com o teu douto, distinto e muito prosaico Advogado. E qual é a ideia, perguntarás tu curioso? É, nada mais nada menos, do que contactares o PROF. DR. JOÃO CALVÃO DA SILVA, e aviso-te já que ele foi aluno na Faculdade de Direito de Coimbra de um VASSALO ABREU, vê lá tu ( eu até estive para perguntar a esse tal Vassalo Abreu, que por acaso é meu irmão, “ Ó Pá, então foi isto que tu lhe ensinaste?”, mas logo me arrependi e não o fiz porque ele, afinal, aprendeu e muito..), para te dar um Parecer, na senda do outro, inquestionável, inovador e radical que deu ao Dr. Ricardo Salgado! Daqueles que não merecem objecção face à sua bondade, porque alicerçados na Caridade, na Amizade, na Entreajuda e na Solidariedade, todos princípios básicos que devem nortear a nossa vida e estão escritos a letras de ouro na Bíblia Sagrada e nas Sagradas Escrituras. Quem ousaria ou poderá objectar?

Ele , no outro tal Parecer, trouxe à colação dois princípios que são essenciais na nossa vida em comunidade : a entreajuda e a solidariedade! Muito bem, pronto, esses já estão dados como assentes. Já fizeram Jurisprudência. Mas falta mais, não chega.  Para o teu caso tem que ser um Parecer mais abrangente : tem que apelar aos MANDAMENTOS! Há ali um campo fértil e ele já mostrou que é capaz!

Repara só: Os Mandamentos são dez, como todos sabemos. Mas, para o teu caso vamos ater-nos unicamente nos últimos cinco, é a minha opinião e conselho. Os primeiros são mais doutrinários como:

  • Não terás outro Deus além de mim… “. Hoje em dia não é relevante pois existe liberdade religiosa e de crença e não importa o que professes. Desde que não sejas Jihadista e tu não és, claro.
  • “ Não farás para ti nenhum ídolo..”. Também acho irrelevante pois todos têm pés de barro e, para ti, nem o Tony Carreira o é…
  • Não tomarás em vão o nome do Senhor”. Aqui não há mesmo dúvidas. Nunca te ouvimos invocar o nome de Deus em vão…
  • Lembra-te do dia do sábado para o santificar…”. Aqui também não há dúvidas pois os servidores do Estado nem trabalham sábados nem domingos.
  • Honra o teu pai e a tua mãe”. Meu Deus, aí então foste sempre exemplar.. E agora, sim os mais importantes!
  • “ NÃO MATARÁS”. Não és acusado de nada disso.
  • “NÃO ADULTERARÁS”. Ninguém te acusa de nada disso.
  • “NÃO FURTARÁS”. Furtar? Tu até entregaste, num acto de desprendimento e solidariedade, tudo ao teu amigo…
  • “ NÃO DARÁS FALSO TESTEMUNHO CONTRA O TEU PRÓXIMO”. Tu nunca foste a Tribunal! Nunca, a não ser agora e por isso aqui estamos, respondeste a qualquer inquérito! Nunca nenhum próximo se queixou…
  • “ NÃO COBIÇARÁS A CASA DO TEU PRÓXIMO”. O teu amigo até ta emprestou! A tua mãe tinha ou tem casas às dúzias e tu és o único herdeiro! Cobiçar o quê?

Já reparaste o que um Ser culto e criativo, como este Prof. Dr., pode beber destes simples enunciados, enunciados que são as traves mestras, as pedras angulares dos nossos princípios éticos, religiosos e morais? Já reparaste? Que dizes? Não é para que agradeças, porque dou de borla, mas é de aproveitar, não é? Eu até adoraria ver os Doutos Juízes irem contra os Mandamentos!!!

O “ gajo” é caro, dirás tu., que tens o teu dinheiro preso, também. Não te preocupes. Há muitos amigos prontos para uma colecta. Eles querem é ver-te cá fora. Eles querem é ver o “ animal feroz” amaciar a “ ferocidade dos animais”!

Aceita este meu contributo, este meu singelo contributo. E tem calma. Morde pela calada, como fazem muitos animais ferozes.

Sinceramente teu,

Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s