“LES VRAIS VAINQUEURS”!

Eu estive de férias uma semana, mas uma semana que, tendo em consideração a preparação, da cabeça e da logística, se transformou em duas e justificou, pelo menos para mim, a ausência deste espaço, um espaço que eu, entre os tremores de terra e inundações de alma, tal como se de uma pequena auréola de terra se tratasse, venho a duras penas preservando, prometi que, em chegasse, iria zurzir num tremendo e anafado “filho da puta”. Mas atenção: Eu falo de um “filho da puta” e não de um “filho de UMA puta”, que é coisa bem diferente, como todos sabem e não preciso de explicar. Para que conste…

Num personagem, outrora chamado de “cherne” por sua UVA esposa, mas agora transformado num “nababo”, não tanto pela ostentação que um “nababo” apresenta, mas pela sua aparência de “nababo”, que tudo concentra, exibe e o faz redondo. Que é como está.Um marajá…

Ele foi apresentado como um vencedor a quem os mais poderosos do mundo ofereceram um papel, um papel de cinema, a troco de um cheque, um chorudo cheque. Mas não deixando de ser o que é: um “filho da puta”! Porque quem este título ostenta nunca deixará de o transportar.

E lembrei-me, mais uma vez, do poema do Alberto Pimenta o “ Discurso sobre o Filho da Puta”. É que, como ele muito bem diz, um “ filho da puta”, pequeno ou grande, nunca deixará de ser um “filho da puta”.E eu deixo este “ filho da puta” em paz, mas apenas e só até ao momento em que ele me explique como é que, depois do BP ter feito um concurso, com todas as fases e progressões, em que com os candidatos uns a serem excluídos e outros a ficarem, se chega ao final e um/a é eleito/a e aparece, pomposamente e “por convite”, o seu filho a tomar o lugar.

Só deixará, de acordo com Alberto Pimenta, de ser um “grandessíssimo filho da puta” se o conseguir explicar! Se o conseguir eu retirarei todos os “filhos da puta” que aqui escrevi. Não o fazendo, todos os meus “filhos da puta” serão legítimos. Claro que me sustento no Alberto Pimenta porque S.Exª, agora nomeado vice rei do mundo, não é flor que se cheire. E também me explique como é que eu, que sou mais velho que ele, ainda não estou reformado e ele acumula várias reformas. Em nome de que princípio?

E que tudo esquece. Como a supimpa pensão que recebe da EU por dez anos de emprego. Os seus anteriores confrades até vêm agora dizer, tão extraordinária por sem vergonhice é a situação, que deveria pensar melhor e tal…quer dizer, até os seus confrades e gameleiros acham tudo isto um exagero mas ele, qual nababo, e reformado, vai amealhando empregos…empregos de “nababo”, de um “nababo” que se transforma em coisa menor pelo exagero e pela nulidade que encerra.

E, portanto, vou deixar de lado “este nababo” transformado em “filho da puta” até que me conteste, para falar dos verdadeiros “Vainquers”, dos verdadeiros vencedores.
Que são Ronaldo e Fernando Santos. Que na gesta de um mês fizeram mais pelo nosso orgulho e pela nossa Pátria que ele em dezenas de anos de acção política e “empresarial”.

Que é que ele nos deu ou trouxe enquanto ministro, enquanto chefe de governo ou enquanto presidente da CE? Nada, nada vezes nada e apenas retrocesso. Andou por Angola sem conseguir a paz e apenas defendendo uma parte: a sua! Ajoelhou perante Busch e Blair e é corresponsável pela guerra mais injusta e horrenda de que há memória. Ser preso e condenado seria o mínimo. A não o ser é ser desconsiderado e desaparecer da História. Foi um Primeiro Ministro sem honra e deixou o País dependurado para exercer o alto cargo de presidente da EU, onde foi responsável pela debacle e pela desunião que se criou. Em nome de uma subordinação, que nada traria de bom para ninguém: apena para si, para o “nababo” em que se transformou.

Que é que o País lhe deve? Nada! Nada vezes nada! Mas ele transformou-se num “nababo”, num “filho da puta” de um “nababo”! E para a nossa Economia contribuiu com quê? Com zero!

Mas Santos e Ronaldo contribuíram! E o Ronaldo tem mais dinheiro que este “nababo” terá em toda a sua vida, mas não é “nababo”! Este cuida-se e é solidário. Sabe o que é urgente e importante em cada momento para a sua Pátria e exerce a sua influência com tudo o que sabe e pode. E mesmo engordando em dinheiro não engorda em “nababice”! Duma só penada e num mês fizeram a Economia crescer mais de 600 milhões de Euros, fizeram os nossos corações ficarem da grandeza de uma Europa, fizeram a nossa moral e o nosso orgulho subir mais alto que uma Torre Eiffell, fizeram-nos sentir grandes, fizeram com que os nossos Emigrantes extrapolassem o seu orgulho Pátrio, velhos, novos e crianças numa alegria sem par. E tu, meu grande “nababo”, a quem até os teus pares te mandam ter juízo? Que fizeste tu pela tua Pátria? Que eu sei que já não é tua…porque um verdadeiro “filho da puta” como tu não tem pátria. “ filho da puta” até que me consigas explicar como é que o teu filho entrou para um lugar de alguém que venceu um concurso para o Banco de Portugal e como acumulas tantas reformas…

Eles, Fernando Santos e Ronaldo, esse sim, esses são “ Les Vainquers”! Vencedores e vencedores legítimos, pela garra, pela entrega, pelo sofrer, pela dádiva, pelo compromisso, por uma Nação. Tu? Tu podes ter tudo, mas és e serás sempre um perdedor. E serás sempre um perdedor porque tudo o que conseguiste foi conseguido pela traição, pelo alheamento, pelo oportunismo e pela indecência.

Olha para o Ronaldo e reflete: Porque é que ele é tão querido, sendo tão rico e não precisando de gente como tu para nada? Tu não refletes porque só uma coisa te move: seres poder, nem que seja para um cargo onde o que vais fazer é atacar Portugal. Como não seres um “filho da puta”?

Reflete, pensa, se conseguires, e descobre: Porque é que tu és, até conseguires explicar o que atrás eu interpelei, um grandessíssimo “ filho da puta”, tendo sempre como pressuposto o retrato de Álvaro Pimenta, e o Ronaldo será sempre o nosso orgulho? Ele que tem no mundo mais seguidores do que o que tu possas imaginar e é o nosso representante no mundo inteiro?

Tu? Tu podes ter todos os cargos e mais alguns, muitos dos quais só servirão para continuar a fazer mal à nossa Pátria, mas, no final, para que serves tu?

Limpa o rabo ao dinheiro que vais ganhar…De certeza que nem nos nossos Bancos estará… “nababo” cherne…Tu, Português? Era o que mais nos faltava!

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s