SÃO TODOS IGUAIS…”

OuO Governo da Quadratura do Mal e da Sombra do Círculo do Eixo”, mais o Miguel de Sousa Tavares ainda

– Que São todos iguais”, diz a maior parte dos comentadores deste “governo da quadratura do mal e da sombra do círculo do eixo”, mais ainda o Miguel de Sousa Tavares, todos do alto da sua sobranceria e irrepreensível rigor.

A Clara, de cima da sua menelha oxigenada, às vezes acinzentada, outras preta às riscas, mas sempre rigorosamente penteada, lugar onde esconde o cérebro, sentencia dos Autarcas: “São todos iguais”. Iguais a quê, a quem e como? Não diz. Diz só que “são todos iguais” e fala então de um tal Hermínio, igual a um tal Valentim, igual por seu turno a um outro Isaltino, também igual a outros assim…TODOS, diz ela do alto da sua rigorosa e “queque” sabedoria de Campo Ouriquense…

– Que O Estado falhoudizem aqui também quase todos em uníssono, repetindo a tese de Passos, ilibando-o e elevando-o, aqui e assim, à categoria de esclarecido.

Mas que Estado ou qual Estado? O Político? O Autárquico? O das Forças Armadas? O do MAI mais o estado da Protecção Civil e do SIRESP? O estado da Ministra dos Incêndios ou do Ministro dos paióis de Tancos?

Qual o “Estado” de que tanto falam, afinal? São unicamente os Políticos ou são também os responsáveis das organizações que tutelam? Nenhum explica.

Só dizem que o “Estado” falhou, e falhou em toda a linha, e querem cabeças e com urgência, pois o tempo passa, vai depois tudo de férias e as cabeças sem rolar e a comissão por deliberar. E pedem um “Robespierre” e já!

Mas “Ninguém se demite? Ninguém é demitido?”. Pergunta o Passos e quase todos o seguem de imediato na pungente e angustiante pergunta. Mas, em resposta, o Chefe do Estado Maior do Exército demite cinco (cinco, ouviram?) comandantes. Mas não se demitiu a ele próprio e isso é do reino do vergonhoso, sentencia o Marques Lopes, logo acolitado pela Clara e mesmo pelo Daniel. Uma vergonha, deve ter ecoado também no “Sombra” e aqui sou eu a imaginar pois não vi! “Wanted”, proclamam quase todos. E na “quadratura” ressoaram ecos…

Mas que “Estado” é este em que Ministros não têm consciência do seu “estado” e não se demitem, nem são demitidos? Uma chora em vez de se demitir e o outro assume as suas responsabilidades “políticas” e manda demitir. Onde já se viu? Mas que “Estado” é este em que o “Estado” não demite ninguém do “Estado”? Perguntam-se perplexos…sem saberem ainda do “estado” de indignação daquela Tropa tão credenciada e medalhada…

 -Que “Se responsabilizam politicamente”. Não há governante que não o diga. Que quer isso dizer? Ninguém sabe e isso é mais uma vergonha. Uma vergonha do “Estado”, logo acrescentam…quase todos!

Essa figura já mítica, escondida ou perdida nos nevoeiros das notícias, o tal de Sebastião, anda por aí fazendo o seu trabalhinho de sapa, vestindo-se de figura anedótica mas, ao mesmo tempo, travestindo-se em muitas personagens…Quem será ele, todos se perguntam? Que quererá ele, todos, ou quase todos, se perguntam também?

E então o “Sebastião” Passos lá candidamente veio anunciar que Marcelo tem que se definir…Como Presidente ou como Comandante Em Chefe de Todas as Forças Armadas? Demite-se de uma ou da outra? Vamos lá Passos, toca a definir-se, caramba…

E é mais ou menos este o “estado” do “governo da quadratura do mal e do círculo da sombra do eixo”…Ah: Como se diz “Sebastião” em linguagem Cristas?

– Mas resta o “Tavares”, o Miguel sim, que não o João, mas o Sousa! O outro anda lá pelo “sombra”. Para o Tavares, o Sousa, que não tem casa em Paços de Sousa mas tem um “monte” no Alentejo, disseram-me que ali para os lados de Mora, a Reforma Agrária trouxe insegurança  às planícies Alentejanas em modo de estio e, não fosse a caça, temia pela segurança do seu monte, ao contrário do Lobo que se diz seguro em Paços de Sousa…

O Miguel, o de Sousa, que também é caçador e, assim sendo, dá a sua colaboração ao ordenamento territorial, é também um “franco atirador”, como já uma vez aqui o apelidei. Foi na Reforma Agrária, quando se ocuparam terras e se retiraram da posse e cuidado dos seus legítimos proprietários, que começou o desprezo pela limpeza dos montes, das montanhas , das matas, dos vales e dos regadios…foi aí que começaram os incêndios, ergue ele o dedo a esses comunas todos…

E, à semelhança de quase todos os membros do tal “governo da quadratura…e da sombra do eixo”, encurtando, também ele dispara a fatídica frase: “Os Autarcas são todos iguais, pois não há um sequer que proíba o lançamento de fogo de artifício nas festas do “querido mês de Agosto”. Li eu não no Expresso mas no Estátua de Sal, que o reproduziu na integra.

Errado, meu caro Miguel de Sousa! Erradíssimo. Tiro na água! Nem matou nem perdiz, nem galinhola e muito menos coelho bravo! Há pelo menos um e o Sr. de Sousa Tavares, como pessoa informada, que lê notícias, escreve no Expresso e até fala na SIC, devia sabê-lo e lembrar-se que, no ano passado, e este ano também, o Autarca de uma Vila do norte chamada PAREDES DE COURA (onde se faz aquele tal Festival…está a ver?), chamado VITOR PAULO PEREIRA, o proibiu e isso foi amplamente noticiado, tanto em jornais como nas rádios. E mais: por amplo consenso foi decretado que o produto desses materiais pirotécnicos revertesse para os Bombeiros!

Não se lembrava? Não sabe onde é PAREDES DE COURA? Não conhece o VITOR PAULO? Pois devia! Assim não repetiria mais esse chavão de que “são todos iguais”…

A não ser que esse “são todos iguais… ” tenha como destinatários todos os nomes desses painéis que formam o tal” governo da quadratura do mal e do círculo da sombra do eixo”, mais o Miguel de Sousa Tavares!

E já me esquecia: tenho um Irmão que é Autarca há já quase doze anos…!

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s