OS LESADOS DO BES ou a Boa Governação.

Todos nos lembramos do modo como foi efectuada a resolução do BES e da convicção com que pouco tempo antes todos os responsáveis, de políticos no poder a reguladores, desde o Governador do Banco de Portugal a Passos Coelho e desde Maria Luís Albuquerque ao Presidente da altura Cavaco Silva, asseguravam a sua estabilidade, solvabilidade e capacidade para enfrentar qualquer obstáculo, pois os seus rácios de liquidez assim o demonstravam. Asseguravam eles…

Pouco tempo depois observamos como tudo acabou: na separação do Bom do Mau. Criou-se um Novo Banco que ficou com os Activos tidos por solvíveis e injectou-se 4,9 mil milhões de Euros para assegurar os rácios necessários para a estabilidade das responsabilidades perante os passivos que são sempre exigíveis e que são, em primeiro lugar, os depósitos dos clientes.

A bondosa finalidade era vender-se o Banco Bom, o Novo Banco e recuperar-se, assim, o dinheiro aí investido pelo Fundo de Resolução e pelo Estado. Mas, enquanto decorria esse processo, e fruto de uma avaliação inconsistente e apressada, o Banco veio acumulando prejuízos (só no primeiro exercício foram mil milhões de Euros), baixando de valor e deixando por resolver questões de tal importância, principalmente na sua reputação, e que a não serem resolvidas trariam como consequência a maior perda de valor ainda e a posterior quase impossibilidade de o vender, a não ser por valores simbólicos.

Está neste caso, e em primeiríssimo lugar, a questão dos LESADOS com a compra de Papel Comercial do BES e todos nos lembramos também da ligeireza, da irresponsabilidade e leviandade com que Passos Coelho e o seu governo trataram este caso, dizendo Passos tratarem-se de assuntos privados nos quais não se imiscuía e rematando na campanha eleitoral com aquela triste “saída” de aconselhar os Lesados a recorrerem aos Tribunais, predispondo-se mesmo a, para pagamento das custas, encabeçar um peditório nacional…

Essa leviandade, reflexo do modo estarolas como sempre governaram, concorreu para que nada fizessem para a estabilização do Sistema Financeiro, objecto das ondas de choque da crise financeira e das dívidas soberanas, como também da irresponsabilidade de grande parte dos seus gestores a quem só importavam os prémios e ordenados chorudos.

Tudo isso já é bem visível à observação e conhecimento de todos e um espelho do que foi a sua trágica e indolente governação. Não vou aqui dissertar o que é uma boa governação, mas dou como exemplo este caso, caso paradigmático da diferença entre uma e outra, que atesta que quem está no poder tudo deve fazer para resolver os problemas que são estruturantes e que afectam a vida e o futuro de todos, como não deve descurar as injustiças, como as deste caso, que não podem deixar de ser resolvidas ou mitigadas quando o Estado a posse do Banco assumiu.

Eu na altura glosei com a dicotomia (Bom e Mau) e escrevi um texto, em tom sarcástico e crítico, a que chamei “ACABOU-SE O MAIS OU MENOS” (aqui vai o Link para quem não o leu ou não o recorda: http://wp.me/p4c5So-sy ) e em que pretendo dizer, no fundo, isso mesmo: separado o bom do mau tudo o resto deixou de existir como preocupação. Como os LESADOS do Papel Comercial do BES.

Este Governo, com habilidade, com diálogo e com bom senso, sabedor da importância que este problema aportaria à desejada venda do Banco (quem compra não quererá comprar de certeza litigâncias e pendências em Tribunais) e sabedor das tremendas injustiças que em muitos casos ele comportava, fez o que tinha que fazer e devia ter feito.

Isto é BOA GOVERNAÇÃO e eu sinto-me feliz por ter votado em António Costa e apoiar este Governo e esta solução governativa. E é também prova mais que evidente que esta Direita não merece governar.

Tenho dito!

 

Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s